header.deco01

Categorias

Mafra 2 - Alcanenense 1

Mais transpirado que inspirado

O Mafra alcançou mais uma vitória batendo em casa o Alcanenense por 2-1, com Campanholo de grande penalidade a carimbar a vitória quando faltava cerca de um quarto de hora para o final.

A primeira parte têm pouco para contar já que também foi pouco o tempo útil de jogo. Sete paragens com permissão de entrada das equipas médicas quebraram o ritmo de jogo, nuns primeiros quarenta e cinco minutos jogados quase sempre aos repelões.

Ainda assim o Mafra esteve sempre por cima, e logo aos 5 minutos Luís Carlos viu um remate passar rente ao travessão da baliza defendida por Hélio.

Mafra que haveria de chegar ao golo ao minuto 39 com Allef a atirar para o fundo das redes após uma jogada onde o avançado brasileiro nunca deu o lance por perdido... acreditou, é à saída do guarda redes contrário fez com classe o primeiro da partida.

A vantagem dos locais durou pouco tempo, já que sobre o intervalo um livre batido por Ragner a meio do meio campo defensivo do Mafra levou a bola para o fundo da baliza, num lance onde ficou a ideia que a defesa menos batida do campeonato ficou mal na fotografia.

Na segunda parte o primeiro sinal de perigo foi dado por Bob que de ângulo apertado rematou às malhas laterais.

Pouco depois Luís Tavares viu vermelho direto - já no jogo da primeira volta havia sido igualmente expulso - ... Aliás no capitulo disciplinar a etapa complementar deixou marcas da equipa de Alcanena com Patrick a ver igualmente a cartolina vermelha (75´).

O caudal ofensivo do Mafra aumentava a cada minuto que passava. Pedro Silva lançou para o jogo Alisson e Campanholo e acabaria por ser Campanholo a assinar o golo da vitória na conversão de uma grande penalidade a castigar um braço na bola de um defesa contrário em plena grande área.

Quase no final da partida e na sequência de um pontapé de canto as bancadas do Mário Silveira gelaram com uma bola desviada por Faia a passar muito perto do segundo poste.

Pouco depois o apito final com o Mafra a garantir de forma justa mas sofrida a conquista de mais três pontos.

Na próxima jornada deslocação a Alcobaça.

INTERVALO: 1-1

ÁRBITRO: LUÍS REFORÇO (AF. SETÚBAL)
Luís Vaz - Fábio Varanda

GOLOS:
1-0 Allef, 39 min
1-1 Ragner, 45 min
2-1 Campanholo, 75 min (gp)

DISCIPLINA Cartão amarelo a
Ito, 30 min
Goiano, 68 min
Merih, 75 min
Vasco Varão, 90 min

MAFRA - treinador PEDRO SILVA
Caio
Pedro Almeida
Fábio Marinheiro
Rafael Goiano
Guilherme
Vasco Varão (cap)
Tiago Costa II
Bruninho
Luis Carlos (Alisson, 70)
Ivan (Campanholo, 60)
Allef (Morelatto, 81)

ALCANENENSE - treinador JOSÉ TORCATO
Hélio
Simão
Merih
Luís (Sandro, 31)
Ito
Filipe Faia (cap)
Patrick
Bob
Luís Tavares
Eddy (Ferreira, 75)
Ragner (Peu, 75)