header.deco01

Categorias

A roçar a perfeição

O Mafra fez seguramente em Torres Vedras a melhor exibição da presente temporada ao vencer o então líder da série por 3-2. Leandro com dois golos foi a figura de uma equipa onde o conjunto se sobrepôs ao individual.

Em desvantagem no marcador os comandados de Luís Freire nunca perderam o foco e com naturalidade chegaram ainda antes do intervalo ao golo da igualdade numa finalização de Leandro.

O mesmo Leandro já na etapa complementar deu a cambalhota no resultado após um grande passa de rotura de Hugo Santos.

A cinco minutos dos 90, o Torreense na sequência de uma canto voltou a empatar a partida ... com muitos dos presentes no Manuel Marques a pensar que a repartição de pontos seria o desfecho final, o Mafra haveria de chegar ao golo da vitória praticamente no último lance do jogo. Livre batido na esquerda por Ruben e bem no coração da área contrária Morelatto de cabeça executou como mandam os livros - de cima para baixo - deixando em loucura os adeptos que em bom numero estiveram no estádio Manuel Marques

 

 

TORREENSE 2 

MAFRA 3

Estádio Manuel Marques, em Torres Vedras

Intervalo: 1-1

Árbitro: José Rodrigues (AF. Lisboa)

Golos:
1-0 Esgaio, 15 min
1-1 Leandro, 35 min
1-2 Leandro, 53
2-2 Hélio Vaz 85
2-3 Morelatto, 94

Amarelos para:
Bruninho, 32 min
Fábio Santos,43min
Goiano 90

TORREENSE - treinador Rui Narciso

Hidalgo
Rui Batalha
Fábio Santos (cap)
Igor
Burguett
Esgaio
Lingfeng (David Rosa, 53)
Zilio (Leo, 70)
Guti (Rui Monteiro 53)
Hélio Vaz
Bonifácio

MAFRA - treinador Luís Freire

Godinho (cap)
Ventosa
Goiano
João Gomes
Hugo Santos (Alisson, 82)
Ruben Freire
Rui Pereira (Forbs 67)
Morelatto
Bruninho (Wilson, 73)
Mauro
Leandro